3.81.89.248
919 204 462Ligue Já!
Ou nós ligamos!Deixe os seus dados para contacto.
Seremos breves!
Horário - dias úteis das 9h30 às 18h30
Login
Conheça as soluções integradoras dos nossos ParceirosMarketplace
Líderes do Futuro
{alt:Sara Sousa }

Os Líderes de Hoje e do Futuro

 
A figura dos líderes na história da Humanidade evoluiu desde uma posição que era mantida essencialmente pela força, até aos dias de hoje: um líder ágil, carismático e inspirador que marca a evolução das organizações, determinando o seu sucesso. Mas quem é esse Líder? E, afinal, qual é a realidade das organizações de hoje e do futuro?

Quando olhamos para as organizações atuais e de um futuro cada vez mais próximo, identificamos fatores determinantes como a volatilidade do negócio e as contantes alterações aos nichos de mercado. A incerteza e exigência de um mercado tecnológico em constante mudança resultaram em lógicas cada mais flexíveis e capazes de se ajustar, de forma imediata e não reativa, a características que determinam um mundo (hoje) apelidado de "VUCA".
 

VUCA World

 
Este conceito surgiu originalmente no exército norte-americano, refletindo a necessidade de adotar uma estratégia capaz de dar resposta a mudanças de cenário constantes e imprevisíveis. Este acrónimo apresenta 4 características de um conceito que, cada vez mais, se aproxima àquela que é a realidade atual do contexto empresarial:

Volatilidade (volatillity) – mudanças frequentes que exigem capacidade para antecipar e (re)agir perante as mesmas;

Incerteza (uncertainty) - o caráter imprevisível dos acontecimentos requer uma rápida capacidade de decisão, mesmo sem certezas ou sem uma direção clara;

Complexidade (complexity) - multiplicidade de fatores interligados;

Ambiguidade (ambiguity) - situações imprevisíveis e pouco claras de compreender.

Assim, as empresas têm um grande desafio à sua frente: reinventarem-se para acompanharem as mudanças de mercado.
 

Desafios

 
Os líderes, embaixadores da empresa, são os primeiros a quem será exigida uma capacidade de transformar, de forma imediata, "o cenário de guerra” ou, neste caso, o cenário da "guerra pelo talento”, demonstrando elevada capacidade para reunir informação de forma ágil e tomar decisões de forma precisa, perante situações imprevisíveis.
De acordo com Ian Fanton, vice-presidente da Harvard Business Publishing Corporate Learning (HBP Corporate Learning), existem 8 capacidades de liderança essenciais para este VUCA World:

-Gerir a complexidade;

-Gerir de forma global o negócio;

-Atuar de forma estratégica;

-Abraçar a inovação;

-Alavancar o network;

-Inspirar o compromisso;

-Cultivar a agilidade da formação;

-Desenvolver capacidades de adaptação pessoal.

O papel da liderança é fundamental para apoiar o crescimento e sustentação das empresas nesta realidade imprevisível e complexa, incentivando uma comunicação clara e efetiva. O desempenho eficaz do papel de líder permite uma compreensão de como agir e interagir, potenciando ao máximo as equipas através da autenticidade e abertura para a aprendizagem contínua.


Estilo de liderança ideal?

 
No panorama de situações cada vez mais voláteis, empresas multigeracionais com colaboradores que exigem e valorizam diferentes atitudes dos seus líderes, facilmente entendemos que não existirá um estilo ideal de liderança.
Neste cenário, procuram-se líderes "situacionais” que consigam adaptar o seu comportamento e nível de acompanhamento a cada situação, nomeadamente o ponto de maturidade e suporte que a equipa precisa, num momento particular. Sem deixar de realçar que estes momentos particulares irão certamente ser diferentes no futuro.
Assim, com uma abordagem mais flexível e ajustável à mudança, as características do mundo VUCA são já uma realidade dos nossos dias.
 

Quem serão os líderes do Futuro?

 
A liderança do futuro irá centrar-se, seguramente, na capacidade prática de empreender num mundo de incertezas, potenciando talentos e transformando os colaboradores, realçando as particularidades individuais. Os Líderes do Futuro serão inspiradores pela sua entrega e paixão, vivendo e disseminando os valores e cultura das organizações que representam e que eles próprios ajudam a construir.




0 Comentários.
Mostrar comentários
Receba a newsletter com as nossas melhores histórias!