34.207.247.69
919 204 462Ligue Já!
Ou nós ligamos!Deixe os seus dados para contacto.
Seremos breves!
Horário - dias úteis das 9h30 às 18h30
Login
Conheça as soluções integradoras dos nossos ParceirosMarketplace
obras-360
{alt:Rosa Peixoto}

Obras 360, as vantagens da gestão integrada no setor da construção

A gestão de uma empresa de construção enfrenta, nos dias de hoje, novos desafios que só podem ser resolvidos com tecnologia. Cada projeto é único e tem as suas próprias especificidades, mas todas as empresas do setor precisam de informação sólida e segura para uma tomada de decisão célere e assertiva. A chave para obter essa informação está numa gestão da obra 360.

Por que razão a centralização da informação é assim tão importante?

Basta olharmos para o modelo de funcionamento de qualquer empresa do setor da construção para percebermos a importância da centralização dos dados.

A equipa administrativa concentra-se no escritório, as equipas operacionais estão no terreno, existindo muitas vezes equipas de apoio logístico nos estaleiros anexos a grandes obras.

Se a estas equipas, que geram muita informação, ainda juntarmos os dados relativos a subcontratações, aluguer de maquinarias e outras, rapidamente se percebe que é fácil haver perda de dados ou redundâncias.

E é precisamente aqui que entra o papel estruturante de um sistema central de gestão. É ele o alicerce que cimenta toda a estrutura de dados e que consolida a informação, oferecendo aos gestores uma visão da obra 360.

É essa digitalização e integração de processos que irão mostrar como digitalizar a construção civil, o setor mais tradicional do mundo.

Como obter uma gestão centralizada da informação?

À primeira vista parece óbvio que a pedra basilar que garante uma gestão centralizada é um ERP (Enterprise Resource Management) ou sistema central de gestão.

E esse pensamento está corretíssimo. Porém, há uma pequena nuance que faz toda a diferença. É fundamental que no momento de escolher um ERP, exista a certeza de que este já inclui de raiz uma solução combinada de gestão de projetos e obras.

E porquê? Precisamente porque apenas um sistema que já inclua de raiz esses mecanismos de apoio à gestão da obra irá garantir uma gestão verdadeiramente integrada e 360 de cada obra.

Isto significa que toda a gestão da empreitada, gestão administrativa e financeira, gestão de concursos, gestão logística e de materiais, revisão de preços, autos de medição, gestão de pessoal ou controlo financeiro da obra decorre no mesmo sistema. Desde a fase de concurso, passando pelo planeamento de recursos materiais e mão de obra, subempreitadas, revisão de preços, trabalhos a mais ou a menos, alugueres de equipamentos; até análise de rentabilidade de cada projeto, é extremamente importante que tudo esteja integrado na mesma solução.

Com um único sistema é possível obter uma gestão da obra 360?

Não é a quantidade de sistemas que garante o sucesso. O fator primordial reside na integração.

O principal a reter é que todos as aplicações têm de estar profundamente integradas com um sistema transversal de gestão, por forma a promover uma gestão holística, global e articulada de todas as atividades envolvidas no processo de construção.

É esta integração de sistemas que permite recolher, processar e distribuir a informação produzida dentro e fora da empresa. E a partir daí criar uma base de dados única de informação consolidada de apoio à decisão.

Que vantagens traz uma gestão de obra 360?

Produtividade

Com a integração entre sistemas acaba o registo duplicado de informação. Basta que a mesma seja introduzida uma única vez, e a partir daí entra no fluxo de dados, sem redundância, nem erros. Acabam os silos de dados e são eliminadas operações redundantes que não geram qualquer valor para a empresa.

Rigor da informação

Até há pouco tempo era muito comum existirem nas empresas de construção funcionários administrativos cuja função consistia unicamente em introduzir dados no sistema. Dados esses que chegavam ao escritório em folhas de papel rasuradas, que se amontoavam nas secretárias. Era muito fácil ocorrerem erros e omissões. Com a digitalização crescente, cada responsável introduz diretamente os dados no sistema, garantindo não só rapidez como também rigor absoluto da informação.

Dados seguros de apoio à decisão

Esta vantagem decorre da anterior. Não é possível decidir bem com base em dados incorretos ou incoerentes. Em todas as atividades é fundamental o suporte de dados fidedignos de apoio à decisão, mas no setor da construção é vital. Fatores como preço das matérias-primas, por exemplo, têm um impacto decisivo nos resultados. É, por isso, essencial ter o suporte de um sistema central de gestão robusto que garanta esse rigor da informação de apoio à decisão.

Rapidez de atuação

Para além da solidez, também a rapidez de acesso aos dados faz toda a diferença. E em que medida um sistema integrado de gestão contribui para essa rapidez? Muito! Como os dados relevantes de apoio à gestão estão todos a ser canalizados para um sistema central de gestão, os mesmos são atualizados ao minuto. Deixa de ser necessário compilar informação proveniente de vários sistemas, agregá-la e analisá-la. Essa é uma operação morosa, que muitas vezes quando terminada já se perdeu o time to market. Com uma gestão da obra 360, a informação está sempre atualizada e muitos ERPs disponibilizam inclusivamente análises de gestão que ajudam a tomar decisões ainda mais céleres.

Quais os processos que mais beneficiam de uma gestão integrada da obra 360?

1- Orçamentação

Ajuda a estruturar facilmente os diversos recursos que serão utilizados em obra e a apurar com exatidão os custos de execução.

2- Gestão de encomendas e subempreitadas

Simplifica a negociação com os fornecedores através de automatismos de comparação

de propostas, adjudicação automática de encomendas a partir das cotações, criação de subempreitadas diretamente do articulado da obra ou na sequência de pedidos de preços.

3- Controlo dos trabalhos efetuados e por realizar

Agiliza a gestão de Trabalhos a Mais e Trabalhos a Menos graças a ferramentas que simplificam a gestão de contratos adicionais com trabalhos não previstos e o tratamento e cálculo das retenções e deduções que incidem sobre os valores dos Autos.

4- Gestão administrativa do pessoal

Acelera também os processos administrativos de gestão do pessoal. Automatiza o processamento de vencimentos, as comunicações à Segurança Social e a gestão de contratos e vínculos.

5- Acesso à informação

A informação importante acompanha-o aonde quer que vá. No seu computador, tablet ou smartphone acede à informação em qualquer lugar sobre clientes, contas correntes ou outros dados que sejam importantes para acelerar a atividade.

PRIMAVERA Construction, uma solução integrada para uma gestão da obra 360

A solução PRIMAVERA Construction consiste num ERP que incorpora de raiz um sistema de gestão de obras e projetos. Trata-se de uma solução global, desenhada para integrar num

núcleo central todos os elementos que contribuem para uma execução eficiente da obra.

Trata-se de uma solução aberta, de fácil integração com outras plataformas, aplicações e sistemas. Está também dotada de elevada extensibilidade, assim como de uma Web API, que permitem adaptar esta solução às necessidades de cada empresa e integrar informação proveniente das mais diversas fontes de dados.

A solução PRIMAVERA Construction garante uma gestão integrada e uma visão da obra 360, apresentando-se como uma tecnologia de suporte à nova era da construção – mais digital, mais eficiente e mais global.

0 Comentários.
Mostrar comentários
Receba a newsletter com as nossas melhores histórias!